I Domingo da Quaresma - 26 de Fevereiro

23-02-2012 15:35

Quero converter-me, Senhor

A partir do que sou!

Digo crer em Ti,

Mas nem sempre vivo em Ti e contigo

Rezo e algumas vezes são palavras sem sentido,

Não vêm de Ti e, por vezes, não são para ti.

 

Quero converter-me, Senhor

Das minhas falsas seguranças:

Espero em Ti e fio-me mais nas minhas próprias forças

Nem sempre Te sirvo no que faço

E, algumas vezes, procuro apenas o meu próprio bem.

 

Quero converter-me, Senhor

Da minha solidão e da minha angústia

Por me ter afastado de Ti

Da minha incomunicação Contigo,

Da minha oração rápida, rotineira e distraída,

Da minha caridade vaidosa e selectiva,

Da minha vida fácil e sem brio cristão,

Dos meus caminhos tortuosos e estéreis.

 

Quero converter-me, Senhor

Desde o profundo do meu coração, para que Tu, faças tudo

Desde a minha alma, para que nela Tu tenhas a melhor parte

Desde o meu interior, para que desde aí

Saia a luz que és Tu, a única luz que reina na minha vida.

 

Quero converter-me, Senhor

Ajuda-me, Senhor, a procurar-Te no silêncio

Ajuda-me, Senhor, a descobrir-Te no necessitado

Ajuda-me, Senhor, a contemplar-te nas maravilhas do mundo

Ajuda-me, Senhor, a não me perder nas desculpas de cada dia.

Só Tu, Senhor, tens palavras de Vida Eterna,

Só tu, Senhor, és capaz de dar-me forças

Para vencer e sair vitorioso das tentações de cada jornada.

Ámen