IV Domingo do Advento - 23/12/2012

24-12-2012 11:30

Dá-me a simplicidade de Maria, Senhor

 

Tu que conheces a minha pequenez e as minhas dúvidas

Tu que sabes da minha fragilidade e da minha incoerência

Tu que olhas para as minhas idas e vindas,

Sabes que quero viver Contigo e para Ti, Senhor.

 

Ela, Tua mãe, com a sua vida fala do Teu amor,

Com a sua disponibilidade contagia entrega

Com a sua confiança ensina-nos a fiar-nos,

E a reconhecer as Tuas maravilhas.

 

A Tua mãe, Jesus, ao fazer-se escrava, fez-se grande,

Ao fiar-se em Deus, salvou-nos a todos,

Ao deixar-se habitar iluminou o mundo,

E ao encher-se de alegria interior ensinou-nos a crer.

 

Maria, Mãe de Deus, abraça todas as mães,

As que não conseguiram sê-lo e as que o interromperam,

As que vivem com dor a sua maternidade,

E aquelas que não sabem viver este dom.

 

Cuida de todas as famílias, Maria, nossa mãe,

Acompanha os homens e mulheres na sua caminhada,

Sara as pessoas desavindas e as mal-amadas

E ajuda-nos a todos a colocar-nos em atitude de serviço.

Ámen