VII Tempo Comum 23-02-2014

24-02-2014 16:36

Grava em nós as chaves do teu coração,
e dá às nossas entranhas os ritmos do teu querer
para respeitar os que são diferentes,
ser tolerantes com os que não coincidem,
dialogar com os dissidentes, acolher o estrangeiro,
servir sem esperar recompensa.
defender o débil, saudar o caminhante,
e amar a todos acima dos nossos gostos
e preferências.

Ensina-nos, Pai,

a ser como Tu.

Que todos possam dizer:

São filhos dignos de tal Pai.