XXIX Domingo Comum - 21/10/2012

21-10-2012 23:26

Senhor, faz de mim um instrumento da tua solidariedade.

Onde houver fome, que eu dê do teu pão
e ensine a ganhá-lo honradamente.

Onde não houver tectos ou estiverem caídos,
que eu trabalhe por casas dignas.

Onde houver desalento ou inibição,
que eu fomente a participação e a esperança.

Onde crianças sem escolaridade,
que eu procure os recursos necessários.


Faz que não procure a minha vaidade,
mas o bem de meus irmãos;
que não promova o agradecimento para comigo,
mas a sua dignidade;
e que a minha satisfação consista
em ter amado com obras.

Obrigado, Senhor, porque quanto mais dou, mais recebo;
quanto menos me procuro a mim mesmo, mais eficaz sou;

mais ressuscitas Tu em mim,
porque Tu és... “a solidariedade”.

Patxi Loidi