XXXII Domingo Comum 11/11/2012

12-11-2012 12:44

TOMA O QUE É MEU, SENHOR

É pouco, mas dou-to com sinceridade:

O meu tempo, para que não o perca,

O meu coração, para que não se endureça,

Os meus pés, para que não se desviem do caminho,

O meu pensamento, para que não me afaste de Ti,

As minhas mãos, para que procurem os outros,

Os meus olhos, para que te veja nas coisas de cada dia,

Os meus lábios, para que Te louve e bendiga,

Os meus ouvidos, para escutar a Tua Palavra,

A minha alma, para que Tu a enchas com a Tua presença.